DHI RIBEIRO e SERGIO PROCÓPIO DA PORTELA NO ARENA DE BAMBA 
O MELHOR DO SAMBA NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES.
11 - 01 – 2013 - SEXTA- FEIRA ÀS 21h.
LOCAL: ARENA FUTEBOL CLUBE – SCES TRECHO 3 EM FRENTE AO CLUBE DO EXÉCITO E AABB

NOME NA LISTA Á R$10,00 ATÉ AS 22H.

arenadebamba@gmail.com 

Ingressos no local:
Meia entrada - R$15,00
Inteira - R$30,00
Informações:
Maty Produções – Tel:
(61)3386-4313/ 9970-2420

SIGA-NOS NO FACEBOOK.
http://www.facebook.com/messages/1759380586#!/arenadebamba

 Caso n„o visualize a imagem, clique aqui

DHI RIBEIRO e SERGIO PROCOPIO DA VELHA GUARDA DA PORTELA
Sobrinho, Nelsinho Serra, Bruno Patrício e Dudu 7 Cordas. 
Trio à Brasileira.(Ju Rodrigues, Irene Egler e Mariana Sardinha)


SERGIO PROCOPIO
Cantor. Compositor. Cavaquinista.
Filho do cavaquinista Osmar do Cavaco, da Velha-Guarda da Portela, sendo criado nas rodas de samba acompanhando o pai, com quem aprendeu o instrumento.
Seu primeiro cavaquinho lhe foi dado pelo compositor Candeia, de quem o pai era o principal acompanhante musical.
Por ocasião do falecimento do pai, recebeu convite de Monarco e Casquinha para integrar a Velha Guarda da Portela como cavaquinista, apesar da pouca idade.
Em 1992 Zeca Pagodinho, no disco "Um dos poetas do samba", lançado pela gravadora RCA, interpretou "Talarico, ladrão de mulher", parceria de ambos. No ano seguinte, no disco "Alô, mundo", Zeca Pagodinho incluiu "Mandei um toque" (c/ Espingarda de Xerém e Zeca Pagodinho).
No ano de 1995, o Grupo Fundo de Quintal em seu disco "Palco iluminado", incluiu de sua autoria "Vem me dar um beijo", em parceria com Moisés Santiago e Alexandre Silva.
No ano de 1999, Luizinho SP, no disco "Departamento do pagode", lançado pela gravadora Velas, incluiu "Me deixa", parceria com Marquinhos PQD e Acyr Marques. Neste mesmo ano, Neguinho da Beija-Flor, no disco "Essência pura", pela gravadora Indie Records, interpretou "Paixão de um velho cais", parceria com Franco e ainda "Quero ter forças pra lutar", em parceira com Netinho e Luiz Cláudio Picolé.
No ano de 2000, ao lado de Wilson Moreira e o grupo Dobrando a Esquina, apresentou-se no projeto "As novas caras do velho samba", no Sesc da Tijuca, no Rio de Janeiro.
Em 2011 lançou o primeiro CD solo intitulado "Samba pro povo cantar", no qual contou com as participações especiais de Zeca Pagodinho na faixa "Deixa de fazer hora e da Velha-Guarda da Portela, destacando-se também as faixas "Clareou", "De saia rendada" e "Deixa de fazer hora", interpretada em duo com o parceiro Zeca Pagodinho. O disco foi lançado no Teatro Rival Petrobras, no Rio de Janeiro, em show com as participações especiais de Zezé Mota, Monarco e a Velha-Guarda da Portela..
Entre seus intérpretes constam Beth Carvalho (Amor varonil), Zeca Pagodinho (Talarico, ladrão de mulher), Neguinho da Beija-Flor, Reinaldo, Fundo de Quintal, Exaltasamba, Katinguelê, Soweto (Maça do amor), Negritude Jr e a composição "Encaixe perfeito", em parceria com Luiz Cláudio Picolé, gravada pelo grupo Swing & Simpatia e incluída na trilha sonora da novela "Celebridade", da Rede Globo.

Repertório:
Cartola, Beth Carvalho, Clara Nunes, Noel Rosa, João Nogueira, Alcione, Gonzaguinha, sambas da Portela entre outros.
 

 

 Caso n„o queira mais receber nossos informativos clique aqui para responder essa mensagem com o assunto *EXCLUS√O*.